sexta-feira, 14 de novembro de 2008

O dia em que descobri o infinito

Hoje descobri que o infinito mora dentro de mim
De uma forma triste, mas descobri...
Descobri que só me movo porque ele existe,
que só me sinto porque ele existe
que só me chamo Rodrigo porque ele existe...

Mas no fundo, descobri também que ele existe porque eu existo
[também

Acho que,
O infinito é como o meu coração.
Ele bate
não sei se para mim, mas ele bate.
24 horas por dia, sem saber porque, mas ele bate
e graças a isso estou vivo

O infinito também.
Sua presença me fornece tudo que me compõe:
Ele me dá vontade de viver,
sentimentos,
e transforma o olhar em compreensão,
sem nem saber que o faz

Ah...
Descobri hoje que para se apaixonar basta existir!
que para se ter amigos basta colecionar momentos e guardá-los
[em um álbum de fotos
que para sonhar basta ter um coração que bate

Mas hoje eu também descobri que para chorar basta se apaixonar
que para sentir a solidão basta ter amigos
que para se decepcionar basta sonhar
Descobri que basta vivermos...
e que no infinito, alegria e tristeza não existem,
Rodrigo e pueira são as mesmas coisas
que no infinito, nada tudo é
porque é no infinito onde a vida se reproduz.

Hoje eu descobri o infito porque perdi alguém que amo
perdi para que o infinito me trouxesse ela devolta
e abrir denovo meu coração
Porque ele é infinito!

2 comentários:

Jaqui disse...

Nossa Rodrigo!!
triste, mas realista o seu poema, sim sim, concordo para chorar basta se apaixonar, sei como é isso, e para se apaixonar basta viver também...
Infelizmente nao mandamos nesse coraçao que só bate para que vivermos, ele é o sinal de que existimos, sim!!

eu queria controlar meu coraçao, será possível isso? quem nao quer? acho que nao... mas enfim como vc disse para se apaixonar basta existir, e e partir do momento que a cada dia vc se apaixona pela mesma pessoa que se torna muito especiale é mais feliz se viver!!

boa sorte ae!

beijos

isabela midori disse...

todo sistema é falho. o infinito também pode ser. sempre há uma exceção para todas as regras. basta saber enxergar. :)